Planeta atinge esgotamento de recursos naturais meses antes do previsto

Índice é medido anualmente e indica sinal de alerta

O planeta Terra entrou no “vermelho” agora no final do mês de julho, mas o que isso significa? Quer dizer que a Terra esgotou os recursos naturais que poderiam ser renovados por ela mesma sem trazer danos ao meio ambiente. A partir de agora, todos os recursos como água, consumo de animais, plantio de alimentos e tudo mais utilizado para a nossa sobrevivência terão um “crédito negativo” para a humanidade.

Tudo isso foi revelado pela Global Footprint Network, uma organização internacional que calcula quanto a gente como indivíduo ou população gasta de recurso natural para satisfazer nossas necessidades. Essa conta é feita desde 1970 e em 2019 essa data limite foi atingida o mais cedo da história e 3 dias antes do que foi atingida em 2018. 

Pegada ecológica

O índice que mede a quantidade de recursos renováveis para o nosso estilo de vida foi nomeado pegada ecológica, do inglês footprint. A ideia é exatamente que tudo que fazemos na Terra deixa pegadas, rastros. De acordo com o seu estilo de vida é possível saber se a sua pegada tem sido boa ou ruim para o meio ambiente. 

O cálculo das pegadas é baseado no tamanho das áreas produtivas de terra e de mar que são necessárias para produção de produtos, bens e serviços que fazem parte de determinados estilos de vida. As pegadas das sociedades mais industrializadas, como grandes cidades, são maiores, isso porque se utiliza muito mais dos recursos naturais. Já as sociedades que consomem menos produtos industrializados têm pegadas menores.

Pode parecer pouco, mas pequenos gestos do seu dia a dia e na sua relação com o meio ambiente podem fazer a diferença nas pegadas. 

O primeiro bem de consumo que você deve ter atenção é a água. Como é sua relação com ela? É possível diminuir o consumo de água com um banho em tempo menor, utilizando um copo para enxaguar a boca após escovar os dentes, dando menos descargas em casa. Uma boa forma de reduzir em geral o consumo de água é estabelecer uma meta: pegue a conta de água da sua casa, divida a quantidade de metros cúbicos gastos pelo número de pessoas da casa e estabeleça uma quantidade para cada um diminuir.

A sua relação com a energia elétrica também pode influenciar bastante nas suas pegadas. Assim como no caso da água, é necessário economizar. Desligue aparelho da tomada quando não estiver utilizando, troque lâmpadas incandescentes por fluorescentes ou de LED, preste atenção na fiação elétrica da sua casa, são ações pequenas que fazem bem ao planeta e para o seu bolso também.

A alimentação é um fator a ser considerado. É preciso ser consciente com o que você consome, saber a origem dos alimentos, não desperdiçar e dar um destino correto. Outra dica valiosa é dar preferência para os alimentos orgânicos e naturais, eles trazem benefícios para sua saúde e para a sociedade.

Segundo a pesquisa, a emissão de carbono é responsável por 60% da pegada ecológica da humanidade. Um dos fatores desta emissão são os meios de transporte. Por isso, quando você utiliza transportes sustentáveis (aqueles que carregam maior carga com menos combustível) está colaborando com diminuição de carbono. 

O alerta já foi dado há muito tempo: é preciso ser consciente e cuidar do planeta. Neste contexto, o que você faz no seu dia a dia que melhora essa realidade? Conte pra gente nos comentários. 

 

Tags: qualidadedevida saúde

Veja mais